24 de dezembro de 2013

A Floresta a rock n' rollar... Feliz Natal

The Trees by Rush


 
There is unrest in the forest,
There is trouble with the trees,
For the maples want more sunlight
And the oaks ignore their pleas.

The trouble with the maples,
(And they're quite convinced they're right)
They say the oaks are just too lofty
And they grab up all the light.
But the oaks can't help their feelings
If they like the way they're made.
And they wonder why the maples
Can't be happy in their shade.

There is trouble in the forest,
And the creatures all have fled,
As the maples scream "Oppression!"
And the oaks just shake their heads

So the maples formed a union
And demanded equal rights.
"The oaks are just too greedy;
We will make them give us light."
Now there's no more oak oppression,
For they passed a noble law,
And the trees are all kept equal
By hatchet, axe, and saw.

6 comentários:

  1. Vivam. Precisava mesmo duma informação. Devem existir umas tabelas ou fórmulas para calcular o número de árvores duma mesma espécie e o número de toneladas de madeira, por unidade de área para efeitos de corte. Queria especificamente para eucaliptal. Pergunto isto porque pretendo proceder ao corte dum eucaliptal com alguns hectares de área. Alguém me pode ajudar? Agradecido
    Pedro Oliveira

    ResponderEliminar
  2. Caro Pedro Oliveira,

    Reencaminhei seu pedido de informação ao meu colega da área de inventário florestal, que lhe irá responder em breve.

    Desculpas pela demora na resposta.

    Boas entradas e um feliz 2014.

    ResponderEliminar
  3. Muito obrigado. Fico a aguardar pela resposta, então :)
    Feliz 2014

    Pedro Oliveira

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caro Pedro Oliveira,

      Segue então a prometida resposta.

      Sim, existem naturalmente equações de volume (ou mesmo tabelas) que podem ajudá-lo na avaliação do seu povoamento. Caso se sinta habilitado a usá-las, posso sugerir-lhe, por exemplo, as equações que vêm publicadas no relatório do Inventário Florestal Nacional 5 ou as do seguinte trabalho: http://www.scielo.gpeari.mctes.pt/pdf/slu/v15n1/v15n1a03.pdf. No entanto, o melhor conselho que sinto poder dar-lhe é que se inteire bem das metodologias de avaliação de um povoamento. Pouco lhe valerá utilizar as melhores equações se não tiver a sua área bem cartografada (medida e estratificada) ou se a amostragem não for adequada. Infelizmente, o assunto é demasiado complexo para arrumá-lo neste comentário. Se quiser, pode ligar para a nossa sede (249730020) e peça para falar comigo, que procurarei encaminhá-lo dentro das minhas possibilidades. Prometo também, em breve (nos próximos dias), publicar neste blogue um post com um folheto que descreve um pequeno trabalho nosso acerca de um método de cubagem expedita de povoamentos, que possivelmente poderá constituir uma variante de trabalho interessante para si.

      Eliminar
  4. Luís Miguel Ferreira, agradeço a indicação do artigo com as equações para o cálculo dos volumes de tronco. O que eu pretendia era exatamente o seguinte: saber quantas toneladas de madeira por hectar de área se obtém com o corte de um campo de eucaliptos. A região é Beira Baixa próximo da cidade de Abrantes. Existem números aproximados para o que eu pretendo saber? Agradecido mais uma vez.
    Pedro Oliveira

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Para a forma como coloca agora a questão, infelizmente, não conheço nenhuma solução. Posso dizer-lhe, com boas certezas, que não existe nenhum trabalho (equações ou tabelas) que lhe possa dar uma estimativa credível da sua madeira (em volume ou toneladas), de forma direta apenas com a indicação da região. Conheço razoavelmente bem a região que refere e posso dizer-lhe que as produções podem variar imenso, dependendo das características da área, do povoamento, da manutenção realizada, assim como de vários outros factores (aliás, como em qualquer outra região). Posso dizer-lhe, apenas para ter uma ideia, que será normal nessa região obter produções entre 90 e 150 m3/ha com casca, aos 12 anos de idade. Para uma estimativa do volume da sua madeira recomendo vivamente que peça a realização de um inventário. Existem na região (mesmo em Abrantes) algumas empresas que estarão habilitadas a fazê-lo.

      Eliminar