20 de novembro de 2012

A rã do Palmeiro

Logo à entrada da nossa propriedade Palmeiro, em pleno Parque Natural de São Mamede, o colega Pedro Serafim chamava à atenção que nos encontrávamos num pequeno reduto isolado de habitat da rã-ibérica. Por sorte, não foi muito difícil encontrar a dita rã nas áreas encharcadas, nas margens da ribeira que corria com algum vigor. Saltou para cima de uma folha, posou alguns momentos para a foto abaixo, mergulhou e nunca mais ninguém a viu...

A rã-ibérica da propriedade Palmeiro
A rã-ibérica (Rana iberica), como o próprio nome sugere, é um endemismo na Península Ibérica. A sua coloração é usualmente acastanhada, embora com tons muito variados. É facilmente identificada por uma mancha mais escura atrás e abaixo dos olhos (de difícil visibilidade nesta fotografia). Raramente ultrapassa os 5,5 cm de comprimento. O espécime encontrado teria entre 2,5 a 3 cm.

1 comentário:

  1. Olá! Sou o Thom, do Brasil, escrevo para alguns blogs como o E esse tal Meio Ambiente? e o Criativo de Galochas, e possuo um blog que também fala sobre animais e meio ambiente, o UrbAnimals (www.urbanimals.blogspot.com)

    Achei o site de vocês através de um e-mail sobre o eucalipto-de-mil-cores e achei muito legal!

    Gostaria que alguém do blog entrasse em contato comigo para saber se eu poderia indicá-los como um parceiro internacional, seria um prazer para mim!

    Thomaz Girotto
    thom.girotto@hotmail.com

    Obrigado desde já!

    ResponderEliminar