16 de fevereiro de 2012

O Sobreiro do Touro Fernando

Quem gosta do que faz sabe como é difícil esquecer a profissão, mesmo nos momentos de lazer. Às vezes dou comigo a criticar uma série de televisão por aparecer uma árvore em local e época muito improváveis, ou então determinado filme de animação que insiste em dizer às crianças que o prato preferido dos pombos são minhocas e lagartas. Todavia, na minha última constatação do género fui bem mais condescendente na minha critica.

Há uns dias, via com a minha filha uma antiga curta da Disney intitulada "O Touro Fernando" (Ferdinand the Bull, 1938), que conta a história de um touro espanhol que, em vez de andar às marradas com os outros touros, preferia cheirar flores à sombra do seu sobreiro. Ora, é precisamente esta "cork tree" que é representada de uma forma muito peculiar, frutificando literalmente rolhas sobre o calmo Touro Fernando. Não interpretei este detalhe como sendo um erro, mas como um raro momento de fino humor florestal. Acreditei mesmo que tal coisa só poderia vir de algum colega que, por qualquer motivo, mudou a sua atividade para o ramo da animação.

Imagem retirada daqui

1 comentário:

  1. À sombra de um eucalipto cheirava atados de pasta...? perigoso... ;)

    Aproveito p/ te dizer Luís, que a animação dessa época é a minha preferida!

    Abraço

    C. Neves

    ResponderEliminar